Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Carola Ponto e Vírgula

Carola Ponto e Vírgula

IMG_20190607_180410.jpg

 

 

Olá pessoal, como estão essas leituras? Hoje venho falar de uma leitura que foi uma excelente surpresa. “Sou Um Crime” (título original: Born a Crime) de Trevor Noah, edição portuguesa da Tinta da China, foi a minha quarta leitura do mês de Novembro. Novembro foi um belo mês de leituras, venham mais meses assim. Algumas sugestões?!

Ora então quem é Trevor Noah? Até este livro… não fazia a mais pequena ideia. Depois deste livro… e logo pela sinopse… Trevor Noah é o apresentador do programa americano The Daily Show e um humorista reconhecido em todo o mundo, menos por mim (é favor não espancar a ignorância alheia, ok?!)!

1.png

 

 

 

 

Blackbird.jpg

 

 

 

Olá pessoal, pronto chegámos ao fim do top. O que significa que hoje este pescoço vai à vida mais logo no concerto! Agradeço pela paciência, pelo apoio, mas gostei muito de fazer este top e de dar a conhecer a minha banda favorita! A música de hoje é como o “In Loving Memory”, um tributo. Mas além de um tributo a alguém que partiu, é um tributo a como se faz uma obra de arte. Do início ao fim esta música tem tudo: emoção, sentimento, rock, solos. É tudo perfeito, e se não acreditam em mim, pesquisem no YouTube por reacções a esta música e vejam o que vos dizem... Vinda do segundo álbum da banda, a faixa que dá o título ao disco: Blackbird! Escusam de agradecer, foi um prazer!

 

 Frase favorita:

 

Ascend may you find no resistance
Know that you made such a difference
All you leave behind will live to the end
The cycle of suffering goes on
But memories of you stay strong
Someday I too will fly and find you again.

 

 

 

 

 

Fortress.jpg

 

 

Olá pessoal, e aqui estamos nós quase no fim desta festa (pelo menos para mim). Faltam só duas músicas, dois hinos que definem exactamente aquilo que são os Alter Bridge. O concerto é já amanhã, ou seja, amanhã é Natal para mim! Agora ficamos com um monumento vindo do álbum “Fortress”, a faixa de abertura, “Cry of Achilles”. Na versão original, o início é em acústico, no vídeo obviamente que não! Espero que gostem!

 

Frase favorita:

 

Cry out to save tomorrow
It's not too late
Or your heavy heart will follow
You to the grave.

 

 

 

 

 

 

AB III.jpg

 

 

 

Olá pessoal, se aguentaram até agora, vamos a mais uma música que já só faltam três. Não quero dizer que esta música é medalha de bronze porque é a terceira favorita, porque para mim, estas vinte que fazem o top, e todas as outras que não fazem, são ouro. Continuamos no mesmo álbum, “AB III”, e se a música de ontem era a primeira, a música de hoje é a última desse álbum, ou seja, termina (como começa) com chave de ouro! Novamente esta banda surpreende nesta faixa porque temos tanto o vocalista Myles Kennedy, como o guitarrista e “back-vocal” Mark Tremonti a partilhar a letra da música quase como se de uma conversa entre duas pessoas se tratasse. Até porque a letra é uma “disputa” entre alguém que acredita em Deus (seja lá em que forma for) e alguém que tem dificuldade em acreditar. No fim, temos um momento (e no vídeo será ao vivo e acompanhado por uma orquestra) em que eu penso (e adaptando um piropo trolha, sim eu adapto coisas estúpidas, para melhor… não sei, cá vai…): Myles Kennedy tem cordas vocais até ao cú!

 

Frase favorita:

 

You say you are right
I hope that I’m wrong
I know that you’ve tried
But still it is gone

Just don’t you lose hope
I swear I’d never dream that we’re alone
Now don’t you let go
I swear I still believe though I don’t know.

 

 

 

 

 

 

AB III.jpg

 

 

Olá pessoal, chegámos ao número quatro do Top 20. Esta música é a faixa de abertura do álbum “AB III” e durante muito tempo também a música de abertura dos concertos. Começa lenta, sussurrada quase, depois explode rumo ao “Headbang” compulsivo. Em termos de letra, bem… vejam por vocês mesmos!

 

Frase favorita:

Try to win back your days
You let them all escape your heart
Now that you've come so far
Why did you have to fall so hard
Look at what you've done
What have you become.

 

 

 

 

One Day Remains.jpg

 

 

Olá pessoal, finalmente chegámos às últimas cinco músicas. A partir de agora e até ao último dia estas são as minhas 5 músicas favoritas e por esta ordem. A música de hoje é “só” a música mais bonita deles. Se quiserem ver aqui o Nuno Carola com o coração nas mãos, com a pele arrepiada, a suar dos olhos (homem não chora), é com esta música. A versão do vídeo é com a banda completa, mas no último concerto que deram em Portugal tocaram uma versão acústica. Foi tudo e mais alguma coisa, um turbilhão de emoções… Sem mais nada a acrescentar, do álbum de estreia “One Day Remains”, aguentem-se com “In Loving Memory”!

 

Frase favorita:

I've never knew what it was to be alone, no
'Cause you were always there for me
You were always home waiting

But now I come home and it's not the same, no
It feels empty and alone
I can't believe you're gone

 

 

 

 

Blackbird.jpg

 

 

Olá pessoal, bom Domingo a todos. A música do top para o dia de hoje (a última antes de entrarmos no Top 5) é a que de todas as músicas da banda eu classifico como a mais “underrated”, sendo uma autêntica pérola tanto na letra, como na música em si, como no solo no fim. Vem do segundo álbum “Blackbird” e é a música que conclui o álbum com chave de ouro. Decorem o nome: “Wayward One”.

 

Frase favorita:

They're still waiting
They still cry
They still want to know they'll be all right.

All I'm saying
Can we try?
To bring the wayward ones back home tonight
Bring the wayward one back home tonight.

 

 

 

 

Walk The Sky.jpg

 

 

 

Olá pessoal, mais um dia, mais uma viagem, desta vez voltamos ao álbum mais recente da banda “Walk The Sky” editado em Outubro deste ano e desde aí que está a bombar continuamente no meu carro. A música de hoje é das minhas favoritas e talvez a mais surpreendente do álbum inteiro. Fiquem com “Native Son”, espero que gostem!

 

Frase favorita:

Now I'm a native son in a foreign land
And I'm just living in a world that I can't understand
I look around and see that my world is gone
Still I keep trying to fit in where I don't belong

 

 

 

 

 

IMG_20190529_165315.jpg

 

 

Olá pessoal, então este tempo chuvoso dos últimos dias tem sido sinónimo de leitura? O que andam a ler? Já fizeram a lista de livros que vão pedir ao Pai Natal? Qual é a maior prioridade na vossa lista de compras? Para quem gosta deste tema do Holocausto, Segunda Guerra Mundial, Auschwitz, tenho uma grande sugestão: “Os Bebés de Auschwitz” (título original: Born Survivors) editado em Portugal pela Vogais.

Como fica fácil de antever este livro fala-nos de três mulheres (Priska, Rachel e Anka) que se encontravam grávidas quando foram levadas para Auschwitz em 1944 e como se sobreviver não fosse já complicado por si só, ainda tiveram que esconder a gravidez e depois de passado o tempo, incrivelmente, ainda conseguiram ter estas crianças e sobreviverem todos sem quaisquer condições e bem para lá do limiar da dignidade humana.

 

1.png

 

 

 

 

 

The Last Hero.jpg

 

 

Olá pessoal, sabem que dia é hoje? Exacto Black Friday… Mas também é o dia em que fica a faltar apenas uma semana para o concerto dos Alter Bridge! Se eu estou ansioso… Não, nadinha, será só a minha Black Friday, o meu Natal, a minha passagem de ano ao mesmo tempo! Hoje voltamos ao quinto álbum e logo com a música que lhe dá o nome: “The Last Hero”. Como fica fácil de perceber pelo título a música, a letra é sobre a ausência de referências, de heróis, que nos motivem e nos guiem na direcção certa. Vamos a ela?! É só um hino ao manejo dos instrumentos durante 6:42!

 

Frase favorita:

Have we reached the end?
Are we lost to know?
Have we sealed our fate?
Nowhere left to go
Though it's much too late
This I hope to see
There is still a chance left
For you and me