Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Carola Ponto e Vírgula

Carola Ponto e Vírgula

artigo 13.jpg

 

Aviso: Este Post é feito com base em muito pouca informação, por isso é provável (e até certo) que seja aqui escrita muita merda sem jeito nenhum. Prossigam por vossa conta e risco!

 

 

Tenho pensado muito seriamente sobre o famoso artigo 13! Só por aqui já se pode antever que vêem aí questões da maior importância para todos nós. Sem mais demoras, estas são as minhas 13 dúvidas sobre o Artigo 13:

 

. Tenho que tirar um curso ou fazer um Workshop especializado para saber se estou a violar os direitos de autor antes de postar alguma coisa?

Embora possa soar estranho para vocês, eu não estou aqui para violar ninguém, nem os seus direitos! Olhem se eu meter aqui uma foto do Kid Bengala… Deus me livre, violar o direito dele… Vocês já viram bem o tamanho daquilo?!

 

karate kid.jpg

Mais vale levar um pontapé deste, do que com o direito do outro Kid...

 

 

 

. Se publicar uma fotografia minha, tenho que pagar direitos de autor aos meus pais?

Não é que os meus pais não mereceram ser recompensados por terem feito um desenho abstracto em 3D, mas tenham lá calma que a minha carteira não foi feita no BES.

Carnaval contentamento.jpg

O valor a pagar diminui conforme a idade na foto?

 

 

. Vou ter de pagar direitos de autor à descendência de quem inventou o alfabeto por cada letra que usar?

Olhem lá a minha carteira. Não estou para pagar por tanto disparate que escrevo…

 

. Se o artigo 13 vai originar a censura de vídeos que ofendam os direitos de alguns autores, o YouTube serve para quê?

Se é para não poder a Bumba na Fofinha ou o Diogo Batáguas nos seus vídeos geniais, largo o YouTube e vou para outro sítio onde inclusivamente malta me diz: “eh pah e tal, sim senhor” (será que me vão bloquear por isto também?)

 

Não acabem com isto nunca...

 

 

. Na Televisão existe algum “Artigo 13” que censure os programas pelo uso ou falta conteúdo?

Sim, Love on Top, estou a falar de ti…

 

. Para quando um “Artigo 13” que censure a publicidade no meio dos vídeos?

“Ah o YouTube precisa de fazer dinheiro!”. Ok, claro que os youtubers que, pasmem-se, ganham a vida com os seus vídeos no YouTube, vivem do ar…

 

. Porque não estão os coletes amarelos franceses a partir tudo em protesto contra este “Artigo 13”?

Eles lá não estão habituados a pagar impostos exorbitantes?! Então como é que na França se sustentam os chulos no parlamento?!

 

coletes amarelos.jpg

Os franceses protestam por tanta insignificante...

 

 

. Escreveu a dona Sofia Colares Alves: “Os memes não vão desaparecer. E ainda bem! Aliás, os memes são protegidos por uma exceção na Diretiva de Direitos de Autor de 2001. Têm sido protegidos pela União Europeia durante os últimos 17 anos e não há ninguém que queira acabar com eles.”

Mas há 17 anos já existiam memes?!

 

jorge jesus oitcho.jpg

Eu a pensar que isto era recente!

 

 

 

 

. Pode ler-se também: “O que queremos ver mudar é a forma desenfreada como conteúdos são (ab)usados na Internet para benefício de grandes plataformas. Há youtubers, músicos, jornalistas, humoristas, argumentistas, atores e fotógrafos que merecem ver o seu trabalho reconhecido e devidamente pago. São todos eles – incluindo vocês, youtubers - os beneficiários da nossa proposta.”

Isto é como censurar filmes onde ocorra um suicídio, porque aumenta o risco das pessoas se quererem matar! Até porque alguém que é censurado até na porra de um vídeo do YouTube, tem razões para querer viver que nunca mais acabam…

 

. Continuando a citá-la: “Viver em liberdade não significa só respeitar os que produzem conteúdos (incluindo os youtubers). Significa também que temos de ser responsáveis e filtrar a informação que nos é apresentada.”

Quem escolhe o filtro?! O Salazar?!

 

salazar.jpg

 

 

. Concluímos as citações com: “Esta polémica não tem nada que ver com «censura», nem com o «fim da Internet». Na verdade, só confirma o que já sabemos: uma informação errada, ainda que partilhada 1500 vezes, não passa a ser verdade.”

Ainda assim pode ser capa do Correio da Manhã…

 

correio da manha governo e viagens.jpg

Como é que isto não é falso?!

No governo andam de foguetão?

 

 

. Quem é que defende o número 13 alguma vez?

Não chega já ser um número mal-amado pela maioria das pessoas, porque “dá” azar! Lamento informar, mas eu nasci a 29 e não é por isso que tenho tido muita sorte.

Eu já estou a imaginar eles na Comissão Europeia: “Começamos o debate aqui com um artigo para defender os direitos de autor, mas que muito provavelmente irá originar o bloqueio de conteúdo. Que número é que lhe damos?”

Em uníssono: “treze”.

 

. Quem é que censura este Post?

Eu! Obrigado e boa noite!