Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Carola Ponto e Vírgula

Carola Ponto e Vírgula

20180407_114506.jpg

 

 

 

         Toda a sexta-feira é sexta-feira santa aqui no blogue para quem gosta de livros.

         O livro de hoje é da escritora Sarah Pinborough e tem o título “13 Minutos”.

         A história gira em torno de Natasha, uma jovem adolescente salva de um lago gelado e teve morta durante esses tais treze minutos. A compor a trama temos interligados relatórios da psiquiatra, o diário de Natasha, notícias de jornais e a narração da sua ex-melhor amiga. Como disse na minha expectativa estava curioso por ver como é que todos estes relatos se iriam interligar sem tornar demasiado óbvio o desfecho final.

 

         Gostei muito da forma como a autora conseguiu fazer essa ligação e também como retractou de forma fiel os comportamentos dos adolescentes. Confesso que às vezes não sei se é a ficção que molda a realidade ou o contrário, o que sei é que me incomoda ver a juventude, aqui tão bem descrita, perder-se nesta desgraça de stress, drogas, falsidade e morte.

         A certa altura a história parece resolvida o que pode deixar o leitor com a pulga atrás na orelha ao ver que ainda faltam cem páginas para o fim.

         “Não me lixem com palha até ao fim!” — pensei eu com medo que estragassem a maravilha que tinha lido até aquela altura.

         E não me lixaram… e a pulga atrás da orelha trazia mais algumas revelações que mantiveram a história intensa tão boa como até então.

         São muitas intrigas adolescentes, com adultos à mistura, com amigas e ex-amigas, barbies, drogas, um cenário que, infelizmente, é bastante real e que é muito bem representado ao longo do livro.

         Não me chocaria nada que no futuro algum produtor decidisse adaptar esta obra ao cinema ou em alguma série, algo que se fosse bem executado seria um grande alerta para os comportamentos e pressões a que sujeitamos os nossos jovens, ou seja, a que sujeitamos o nosso futuro.

         E depois vem o fim. Ah o fim, mas que grande final, isto é que é acabar com chave de ouro. O único senão é mesmo esse, é que acaba.

         Este livro foi uma grande surpresa e por sugestão nos comentários aqui do blogue (anónimos assinem por favor), lá tive de ir a correr comprar a obra mais recente da autora “Por Trás dos Seus Olhos” sabendo que é melhor baixar as expectativas porque dificilmente superará “13 Minutos”.

         Demorei bem mais de 13 minutos, mas valeu bem a pena todo o tempo que passei a lê-lo. Façam favor de ler, é pelo vosso bem!

 

2 comentários

Comentar post