Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Carola Ponto e Vírgula

Carola Ponto e Vírgula

asgémeasdogelo.jpg

 

 

 

Olá pessoal, então como vão essas leituras? Essa meta anual de livros está muito longe? Que livro estão a ler por estes dias? Hoje vamos falar de um livro que além de ser a minha estreia com o autor, também tinha grandes expectativas sobre ele, infelizmente não as cumpriu todas, mas vamos lá com calma…

Temos então “As Gémeas do Gelo” (título original: The Ice Twins) de S. K. Treymayne, editado em Portugal pela TopSeller. Dizer que achei a sinopse espectacular e talvez isso tenha contribuído muito para começar com as expectativas lá todas para cima. A história conta-nos que haviam duas gémeas, Lydia e Kisrtie, e que ao cair acidentalmente Lydia morre.

 

1.png

 

 

Decididos a refazer a sua vida com a gémea sobrevivente, Sarah e Angus mudam-se para uma pequena ilha escocesa (reparem que tal como em “A Grande Solidão” a procura por um local mais isolado para refazer parece ter o efeito completamente oposto). Aí acontece algo que promete abanar violentamente os frágeis alicerces desta família: a gémea sobrevivente diz que os pais cometeram um erro de identificação e que quem morreu foi Kirstie.

 

2.png

 

A partir daqui é preciso saber afinal qual das gémeas está realmente viva, às tantas até a opinião do cão parece mais fidedigna do que a dos próprios pais das gémeas. Depois esta família é por si só um esquema de desinformação quase ao nível da administração Trump. O pai acredita na palavra da gémea sobrevivente e por isso achava que era ela a “culpada” pela morte da irmã. A filha culpa a mãe (não por assassinato, calma!) e por fim a mãe enquanto vai tentado perceber o que se passou chega à conclusão que o pai possa ter feito mal à filha.

 

3.png

 

No fim desta confusão toda só me apeteceu gritar para o livro (sim, eu tenho "apetecimentos" muito estranhos, eu sei): “Então e que tal falarem uns com os outros para tentarem resolver tudo?” e sinceramente todo este desencontro a certa altura pareceu-me demasiado evidente e forçado.

Li este livro, gostei, mas só consegui dar 3 estrelas no Goodreads. Isto porque achei que o autor não conseguiu, pelo menos para mim, definir o género que queria explorar: Como terror acho que falha redondamente porque a “evocação” da possibilidade de qualquer actividade paranormal é feita depois de nos explicarem que pode haver uma coisa que é a gémea sobrevivente adoptar a personalidade da irmã. Pareceu-me que primeiro deram-me a solução e depois é que apresentaram a hipótese de uma razão sobrenatural. Como um “simples” Thriller não me cativou nada de mais, no entanto, a parte final foi bem conseguida e a história fechou muito bem e com coerência.

 

4.png

 

Recomendo este livro a quem gosta do género e espero que mexa convosco bem mais do que mexeu comigo. Minto se disser que não houve nada que mexesse muito comigo, a capa deste livro, essa sim uma maravilha. Como sempre muito obrigado a todos, comentem e boas leituras.

 

 

5.png