Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Carola Ponto e Vírgula

Carola Ponto e Vírgula

De: Mim

Para: TVI

Data: Depois da final do Estoril Open (eu sei que tem o nome dum banco a patrocinar, mas como, mais ano menos ano, esse banco também deve ir à falência, usamos o nome original).

 

TVI.jpg

 

 

 

Estimada TVI queria aqui por este meio expressar publicamente o meu apreço pela tua sensacional grelha de programas televisivos que muito nos ensinam e que tem um valor cultural impossível de ignorar, indo desde a grande “Casa dos Segredos” até às telenovelas com enredos do mais amoroso que há. Dir-me-ão que são programas que mostram a realidade como ela é. Só ainda não percebi se é a realidade que se reflecte nestes programas ou se são os comportamentos exibidos nestes shows que servem de incentivo e que depois aparecem nas notícias dia após dia.

Depois nota-se a preocupação em manter a programação actual e com conteúdo novo. Realmente mais velho que o Inspector Max só mesmo as piadas sobre a falta de campeonatos do Sporting! E o pior é que já nenhuma das duas tem graça há mais de uma década.

Eu acho que vocês conseguem perceber que dar importância aos miúdos está longe de ser considerado pedofilia. Se não conseguirem trazer o Batatinha da reforma, há muito palhaço na Assembleia da República disponível.

 

 

Batatinha como é que são os teus colegas que estão na Assembleia?

batatoon.jpg

 

 

Findados os elogios, vamos agora às dolorosas reclamações. Estão prontos para apontar?! Vamos a isso…

Acho uma vergonha de todo o tamanho não terem transmitido a final do Estoril Open no vosso canal generalista. Trata-se “só” do maior torneio de ténis no nosso país, e por acaso (há quem lhe chame talento, capacidade, dedicação, mérito, etc.) o nosso melhor tenista de sempre chegou à final do dito cujo do torneio.

Mas não, isto não foi suficiente para adiar ou antecipar para o Sábado o programa de Domingo à tarde “Somos Portugal”. É verdade são muitos 760s para sacar aos reformados que telefonam e contra isso, infelizmente, nem o Estoril Open, nem o João Sousa conseguem competir.

Por uma vez, e acho que “esta” foi essa vez, um destaque semelhante ao Futebol era mais que merecido. Eu dispensava bem aqueles directos a cada vez que o autocarro da selecção vai encher o depósito, já só pedia, sei lá… Que transmitissem a porra do jogo no canal principal da estação televisiva que comprou os direitos de transmissão do torneio!

 

joão sousa.jpg

 

 

Depois como é que querem que as modalidades como o ténis cresça, ganhe praticantes, que esses praticantes sejam cada vez melhores e que cheguem a número… do ranking mundial. Porque sim, os portugueses conseguem chegar ao topo em qualquer desporto, até em qualquer profissão, imaginem até em directores de conteúdos televisivos e isso provavelmente já seria um problema para vocês.

E continuando no exemplo do Ténis não há clubes o que acaba logo com uma data de culpas em cima do árbitro. Depois também não era preciso existirem claques a rebentar petardos, assaltar bombas de gasolina e a atropelar adeptos adversários. Agora que penso nisso, talvez seja essa a razão para não se investir tanto no ténis, porque muita gente ficaria sem nada com que se chatear e onde meter as culpas. E uma vida sem chatices, não anima ninguém. E para animar temos o “Somos Portugal”. Vamos à música e aos 760s… Obrigado TVI.

 

P.S: Caso não saibam… o João ganhou! Óóóóóóó o João ganhou!  O João ganhou, o João ganhou, o João ganhouuuuu… Óóóóóó o João ganhou…

 

João sousa campeão.jpg