Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Carola Ponto e Vírgula

Carola Ponto e Vírgula

 

De: Mim

Para: Avecs *(segundo sabedoria popular, Avec é aquela pessoa que trabalha no Estrangeiro — esse lindo país que engloba todos os outros que não sejam Portugal. — e que vêm de férias a Portugal entre os meses de Julho e Setembro)

 

avecs-avecs-everywhere (1).jpg

 

 

 

Olá meus estimados Avecs, chegou a vossa altura favorita do ano em que vêm cá à Tuga ver a família que ainda se resigna a estar por aqui reformada, desempregada ou mal paga!

 

Eu também gosto muito de vos ter por cá, vocês fazem parecer que sou eu que estou lá, no estrangeiro, tal é a quantidade de matrículas de diferentes países e o linguajar que me confunde os ouvidos e me faz sentir um autêntico poliglota profissional, n'est-ce pas vrai?

É uma maravilha a animação que trazem enquanto matam as saudades da família e dos amigos. Aqueles clássicos “Viens ici já imediatamente senão vous rentrez chez vous à base da biqueirada na tromba”. Realmente os petits avecs sentem-se em casa demasiado depressa e ficam prontos para os disparates.

Mas não é só de Avecs franceses que se faz o nosso querido mês de Agosto. Também temos aqueles Avecs que vêm lá da terra do cuspir para o chão, Deutsch land. Esses, Deus me valha se percebo alguma coisa do que eles dizem, parecem o meu sobrinho quando está chateado ao almoço enquanto tem a boca cheia, Scheiße pra isto!

 

merkel.jpg

"Vocês pagam-mas todas!"

Ass: Merkel

 

Realmente os portugueses andam espalhados por todo o lado, já o português também anda espalhado, neste caso, pelo chão fora entre acordos ortográficos que não lembram nem ao Camões!

Ainda falta falar dos Avecs Camones! Esses mandam um Brexit de lá da terra de sua majestade e vêm encher o nosso Algarve com os amigos ingleses com pernas white as a sheet (e não o outro shit) enquanto vazam a cerveja dos bares até à última gota. Antigamente ainda investiam em comprimidos para os putos dormirem, mas alguns deles eram sonâmbulos e desapareciam, e então os doutores Avecs Camones deixaram-se disso, you know?!

 

maddie.jpg

Como é que nunca se lembraram do sonambulismo como desculpa?!

 

Há sempre belas recordações com os Avecs, até eu uma vez estava na minha vidinha, bem descansado quando uma Avec bem jeitosa, mas muito provavelmente embriagada me disse: “ Oh là là, regarde cet animal, je pense que je suis tombé amoureux” e sussurra ao meu ouvido: “Je t'aime”!

Eu fiquei de olhos esbugalhados, não esperava por aquilo, e respondi:

“Eu sei que je é beaucoup de feio, mas não precisas de t'aimer rien” e fui-me embora. Não queria estar a incomodar os nossos turistas.

Olhei uma última vez para trás e a coitada chorava que nem uma perdida. Não fazia ideia que podia ser assim tão traumatizante! Ainda gritei:

“Não t'aimes rien que eu vou para casa!” e ainda disse «foda-se para isto tudo» em inglês: “fuck you all for this” enquanto levantei as mãos bem abertas no ar!

 

mãos no ar.jpg

Isto, mas sem o anel...

 

Não sei porquê, ela veio a correr ter comigo e deu-me 10€! Sem perceber nada agradeci, “messi pó cú” e saí dali para fora! Foi a primeira, e a única, vez que recebi por ser feio!

 

P.S.: Este texto contou com o apoio do Google Translator (orçamentos reduzidos é no que dá), que é como quem diz: kualker erru a kulpah nau foieh mynha!