Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Carola Ponto e Vírgula

Carola Ponto e Vírgula

De: Mim

Para: Carnaval

Data: No exacto momento da escrita

 

carnaval.jpg

 

 

Querido Carnaval sabes bem as razões pelas quais não sou o teu maior fã, mas não deixo de ficar contente por, apesar dessa idade milenar já bem avançada, ainda teres essa vitalidade toda e compareceres mais uma vez neste Fevereiro para trazer animação, máscaras e samba com fartura.

Mas deixa que te diga, essa receita já está ficar um bocado desactualizada.

Tirando o samba (que é sempre bom de se ver), que mais ofereces tu?! Folia, máscaras e palhaços?!

 

 

Só no meu país temos um parlamento cheio de máscaras de boas pessoas e com folia da boa a cada debate na assembleia!

Depois ainda tenho banqueiros que metem mais água (e milhões ao bolso) do que tu alguma vez vais conseguir ver nos putos a encherem naqueles balões minúsculos.

E diz-me lá tu, sinceramente, achas que tens hipóteses de competir com a palhaçada de alto gabarito dos dirigentes desportivos aqui do sítio?! Nunca! Só não usam sapatos grandes e nariz vermelho (quer dizer… o Vilarinho tinha a cara inteira dessa cor, devia ser amor ao tin… ao Benfica, digo).

É esta a hora de te reinventares, procurar novas ideias.

Olha, por exemplo, o teu amigo Natal há muito tempo que já utiliza o slogan “O Natal é quando um homem quiser”. Eu sei… eu sei… as pessoas continuam só a ser boazinhas e a preocuparem-se com a paz mundial em Dezembro, mas os putos (e é no futuro que tens de apostar) já pedem prendas o ano inteiro e sem razão aparente. Então, só pode ser aquele Natal de Julho.

Adopta este slogan “Carnaval é melhor que o Natal, é Fevereiro todos os meses e ninguém leva a mal”. Os putos ficavam contentes e fazer palhaçadas o ano inteiro e os adultos, ias ver o que era os adultos a venerarem-te ainda mais por receberem sempre a dia 28, ou 29 no máximo.

Vês, para quem não vai muito com a tua cara até te dá boas ideias.

Quem me dera a mim ser como tu, fazes o que queres e por ser “O Carnaval” ninguém te leva a mal. Ai se elas não me levassem a mal… nem a mal, nem a bem, elas nem olá me dizem quanto mais levarem-me.

Mas não, ao Sr. Carnaval, elas levam e de que maneira. Levam muito pouca roupa, muita festa, muita energia, muito samba no pé e isto tudo aqui neste país à beira-mar plantado, onde em Fevereiro se tiver 18 graus é muito!

Porra Carnaval queres que te diga o quê?! Tenho inveja?! Tenho! O quê?! A inveja é um sentimento muito feio?! Também eu… e ainda por cima quando tu apareces, toda a gente me diz: “olha bela máscara essa”. E porra Carnaval, logo eu que nem me mascaro…