Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Carola Ponto e Vírgula

Carola Ponto e Vírgula

saldos-billboard

NemTodasAsBaleiasVoam1.png

 

 

Olá pessoal, espero que esteja tudo bem convosco e vamos lá a mais uma opinião. Este livro teve a tarefa ingrata de suceder a “Verity” de Colleen Hoover, mas vendo pelo lado positivo, este livro nem sequer estava nos meus planos para este mês. Simplesmente sabia que não podia saltar para outro thriller porque as comparações com “Verity” seriam constantes. Foi por isso que escolhi um livro completamente diferente e de um autor que já conheço e de que gosto muito.

Temos então “Nem Todas as Baleias Voam” de Afonso Cruz, editado pela Companhia das Letras. Afonso Cruz é aquele tipo de escritor que podia pegar numa lista telefónica (isso ainda existe?) e extrair daí um livro muito interessante e com uma história original, sempre acompanhada de uma escrita muito boa, que nos faz desfrutar dos seus livros.

 

NemTodasAsBaleiasVoam2.png

 

 

Por falar em originalidade, neste livro tudo começa quando a CIA, em plena Guerra Fria, desenvolve um plano para ganhar a guerra: organizar concertos de Jazz União Soviética e atrair a juventude de Leste para a causa americana. Estranho, não?!

Pois bem, é aí que entra em acção a busca pelos serviços de Erik Gauld, um pianista de blues que vê sons em todo o lado e é através da sua música que escreve cartas de amor à sua mulher, desaparecida de um momento para o outro, sem deixar rasto. Para juntar a este enredo ainda temos o seu filho Tristan, que vê sentimentos e lhes dá forma. Foi muito engraçado vê-lo sempre acompanhado pela morte e perceber como para ele tudo aquilo era normal.

 

NemTodasAsBaleiasVoam3.png

 

Mais uma vez, foi uma bela leitura que este autor me ofereceu, adoro a maneira como Afonso Cruz pega em situações tão fora do normal e nos leva numa bela viagem pelo mundo da escrita. Um talento assim não é para todos, sendo daqueles talentos de fazer inveja (da boa) a muita gente.

 

NemTodasAsBaleiasVoam4.png

 

Será sempre um prazer voltar a ler Afonso Cruz, mas deixem-me confessar uma coisa: já não tenho mais livro nenhum deste autor! Depois de “Princípio de Karenina”, “Para Onde Vão os Guarda-chuva” e agora este “Nem Todas as Baleias Voam”, qual seria a vossa sugestão para a minha próxima leitura deste autor português?

Muito obrigado a todos, espero que gostem, cuidem-se e boas leituras!

 

 

NemTodasAsBaleiasVoam5.png