Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Carola Ponto e Vírgula

Carola Ponto e Vírgula

IMG_20190930_130244.jpg

 

 

Olá pessoal, preparados para mais uma opinião?! Nem eu… então vamos lá. Hoje é dia de falar daquela que foi a minha primeira leitura deste mês de Outubro, um dos livros mais falados do momento: “O Homem dos Sussurros” (título original: The Whisper Man) de Alex North (pseudónimo), editado em Portugal pela TopSeller.

Esta história começa com a chegada a Featherbank de Tom Kennedy e do seu filho Jake. Featherbank parece uma terra pacata, mas que esconde no seu passado, Frank Carter, um assassino em série que ficou conhecido como “O Homem dos Sussurros” porque à noite atraía as suas vítimas sussurrando-lhes à janela. Acabou detido, e lá continua há duas décadas. Até aqui caso resolvido e fechado, isto até outro rapaz ter desaparecido dois meses antes da chegada de Tom e Jake, em circunstâncias idênticas às de todos os outros que Frank Carter assassinou.

 

1.png

 

 

É neste contexto que o pequeno Jake se começa a comportar estranhamente e a dizer que ouve alguém sussurrar do lado de fora da sua janela do quarto. Isto deixa Tom preocupado e quanto mais vai conhecendo quer a nova zona, quer o antigo caso de Frank Carter, maior é o medo que aconteça qualquer coisa com o seu filho.

Quero que saibam que desde o início desta leitura, o autor deixou-me desconfortável com aquilo que se ia passando em Featherbank, com o filho de Tom. Ao princípio nem sabia se este livro não seria mesmo de Terror, uma vez que muito do que ia acontecendo parecia levar para o campo do sobrenatural. Ainda assim, eu fui sobrevivendo e gostando.

 

2.png

 

A verdade é que a não consegui parar de ler este livro, cada capítulo era mais uma dúvida, mais uma pista que aparecia, mais um fantasma que teimava em criar mais medo e apreensão a todos. As respostas tardavam, mas eu adorei este desassossego constante. A partir de certa altura a parte sobrenatural acalma até realmente se perceber o que se passou. Há acontecimentos que estão interligados de forma espectacular, levando-nos a interpretar situações ou personagens de várias formas ao longo da história.

 

3.png

 

Este é um daqueles livros que nos deixa com uma ressaca literária e que torna injusto até a avaliação que iremos fazer da próxima leitura. Dizer que adorei, se calhar é pouco, mas posso dizer que foram 5 estrelas no Goodreads dadas muito facilmente e para já está entre os melhores do ano, certamente top 5, talvez até top 3.

E vocês, nesta altura qual foi o melhor livro de 2019? Qual foi aquele livro que mais vos surpreendeu, pela positiva? E pela negativa? Estão perto ou longe de atingir a vossa meta de leituras para este ano? Mais uma vez, muito obrigado, comentem e boas leituras.

 

4.png

 

5.png

 

 

4 comentários

  • Imagem de perfil

    Nuno Carola 14.10.2019 13:19

    Eu adorei este livro, e os fãs do género deviam tê-lo bem alto na sua lista prioritária (opinião isenta e sem qualquer tipo de pressão )! Boas leituras.
  • Imagem de perfil

    Sofia 14.10.2019 13:38

    A única pressão é os livros que tenho na prateleira! Obrigada.
  • Imagem de perfil

    Nuno Carola 15.10.2019 18:48

    É uma pressão tão boa de se ter
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.