Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Carola Ponto e Vírgula

Carola Ponto e Vírgula

autores-billboard

IMG_20200102_180455_604.jpg

 

 

Olá pessoal, hoje volto com mais uma opinião, a primeira relativa ao ano de 2020! Qual foi a vossa avaliação ao primeiro livro do ano? Eu não podia ter começado melhor, mas não posso dizer que esteja surpreendido com a qualidade deste livro! Mas vamos lá com calma… A minha primeira leitura deste ano foi “O Rouxinol” de Kristin Hannah, no meu caso, na edição Círculo de Leitores.

 

1.png

 

 

Há já algum tempo que queria ler este livro, que para muitos, é o melhor livro de Kristin Hannah, e foi o livro escolhido pela @dorasantosmarques e para o seu #projectokristinhannah no mês de Janeiro. Sendo assim chegamos a esta história já com a expectativa em alta, primeiro porque é Kristin Hannah, depois porque é Kristin Hannah e talvez também porque seja Kristin Hannah!

Além disso temos a história de duas irmãs que são opostas em tudo: personalidade, destino, ideais, tudo mesmo, até na reacção à presença do exército alemão em solo francês. Enquanto Isabelle é uma rebelde que se opõe fortemente à ocupação nazi, Vianne é mais obediente, vê o seu marido partir para a guerra e se vê com a casa ocupada por presença alemã.

 

2.png

 

A partir daqui a autora leva-nos numa viagem à Segunda Guerra Mundial com a ocupação nazi do território francês em todas as suas fases e em como cada uma dessas fases altera a vida de todos os que lá vivem. As duas irmãs vão tendo papéis completamente diferentes ao início, mas com o avançar da história, a dureza da guerra faz com que cada uma abane nas suas convicções iniciais. É isto a guerra, dizem…

 

3.png

 

Não sendo a primeira vez que isto acontece, ao princípio pensei que a história começava demasiado lenta, embora sempre com interesse, mas a autora é mesmo assim vai-nos deixando em banho-maria e depois começa a sua magia, que é como quem diz, começa a fazer-nos sofrer e pior que isso, faz com que nós queiramos avançar na história mesmo sabendo que vamos sofrer ainda mais.

 

4.png

 

Mesmo quando pensamos “é desta, já não pode piorar”, eis que piora; umas páginas mais à frente, “é desta, finalmente chegou a paz, o sofrimento deles acabou”, eis que não acaba e mais uma ferida se abre no coração destas personagens sofridas (e neste leitor, que vai aguentando, mas que não é de ferro)!

5.png

 

Claro que foram 5 estrelas bem fáceis de dar, um livro espectacular, que recomendo a toda a gente que consiga aguentar as suas emoções ao longo das páginas. Foi uma bela forma de começar o ano e espero que assim continue mesmo sabendo que nem todos são Kristin Hannah! Este livro será adaptado ao cinema (alguém sabe qual é previsão?), se for bem adaptado, a choradeira é garantida até ao último pio do… Rouxinol!

 

6.png

 

7.png

 

 

 

 

 

2 comentários

Comentar post