Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Carola Ponto e Vírgula

Carola Ponto e Vírgula

saldos-billboard

SamitérioDeAnimais1.png

Olá pessoal, como vão essas leituras?! Pois é, hoje é dia de voltar a falar de um livro, mas acima de tudo, é dia de falar de um projecto que tenho muita pena de ter prejudicado pela minha falta de disponibilidade, ainda por cima quando fui eu que o decidi realizar. O #6mesesalerstephenking foi uma ideia que tive (como tantas outras que há por essa Internet fora) de incentivar mais gente a ler Stephen King, que para mim sendo um nome conhecido nunca tinha investido muito nos seus livros também porque eu fugia do género de Terror. Por isso, queria também com este projecto mostrar que não é só terror puro, é Thriller e muito recentemente também foi editado em Portugal “Escrever”, um livro que já cá mora e que fará parte deste projecto.

Sim, porque este projecto não morreu, apenas posso dizer que ficou suspenso e que agora espero estar em condições de o poder cumprir. Assim, hoje é dia de falar de “Samitério de Animais” (título original: Pet Sematary) edição portuguesa da Bertrand Editora. Nesta história temos a chegada do médico Louis Creed à pequena cidade do Maine, onde existe um cemitério muito utilizado por crianças para enterrarem os seus animais de estimação e ao qual Louis recorre para enterrar o seu gato depois deste ser atropelado por um camião. A partir daqui toda uma história sinistra se desenvolve que promete meter em causa todas as certezas que Louis aprendeu com a ciência que estudou.

 

SamitérioDeAnimais2.png

 

 

Este livro é assustador, arrepiante, pois aquilo que nos parece uma história sobre lendas e animais, torna-se lentamente em muito mais que isso. Em algo muito mais profundo e visceral que isso. Este ritmo lento foi muito importante para que nos fossemos envolvendo na história e quando damos por ela, já estamos presos até à última página.

 

SamitérioDeAnimais3.png

 

Foi aterrador, não no sentido de ter medo, mas no sentido de perceber o que “aí vinha” e como sempre não poder fazer nada (parecendo que não, o livro já estava escrito há um tempinho, não é?). Mesmo percebendo o que aí vinha, o livro não é previsível, porque o King (que é Rei por alguma razão!) arranja sempre forma do resultado ser muito mais arrepiante do que o pior cenário que tinha imaginado!

Não quero, para já, aventurar-me no filme, mas se tiver metade da qualidade do livro já valerá bem a pena. Quando vi o filme do The Shinning achei um bom filme, mas que perde tanto em comparação com o livro que me espanta que ainda não tenha sido feito um remake. Quem já viu “Pet Sematary”, faz jus ao livro?

 

SamitérioDeAnimais4.png

 

Falando em The Shinning e sendo impossível não deixar de os comparar pelo terror é pela forma como a mente humana se perde e começa a alucinar que estes dois livros se assemelham. Não posso deixar de dizer que preferi este “Samitério de Animais”. É uma leitura lenta, mas intensa que mesmo para mim, que não me considero dos leitores mais sensíveis, teve alguns momentos demasiado duros de se lerem, que remexeram comigo e me deixaram desconfortável o que resumindo significa quinze dias sem dormir e umas quantas fraldas para adultos! 5 estrelas bem grandes no Goodreads.

 

SamitérioDeAnimais5.png

 

Claro que já escolhi a próxima leitura para este projecto e espero ainda conseguir começá-lo em 2020. E por aí como vai terminar o vosso ano? Cumpriram o vosso objectivo de leituras? Já têm alguns planos literários para o próximo ano? Eu confesso que ainda não consigo prever como irei abordar o próximo ano, muito porque este ano foi muito estranho e tenho receio que acabe por pressionar demasiado as minhas leituras! Espero que tenham gostado e espero por vocês na próxima review. Até lá, boas leituras!

 

SamitérioDeAnimais6.png

 

 

SamitérioDeAnimais7.png

 

 

 

 

 

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.