Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Carola Ponto e Vírgula

Carola Ponto e Vírgula

autores-billboard

IMG_20190607_180410.jpg

 

 

Olá pessoal, como estão essas leituras? Hoje venho falar de uma leitura que foi uma excelente surpresa. “Sou Um Crime” (título original: Born a Crime) de Trevor Noah, edição portuguesa da Tinta da China, foi a minha quarta leitura do mês de Novembro. Novembro foi um belo mês de leituras, venham mais meses assim. Algumas sugestões?!

Ora então quem é Trevor Noah? Até este livro… não fazia a mais pequena ideia. Depois deste livro… e logo pela sinopse… Trevor Noah é o apresentador do programa americano The Daily Show e um humorista reconhecido em todo o mundo, menos por mim (é favor não espancar a ignorância alheia, ok?!)!

1.png

 

 

 

2.png

 

 

A razão principal para querer ler esta história foi porque eu gosto de conhecer a história de pessoas de sucesso que passaram por muitas dificuldades ao longo da sua vida, muito antes do sucesso actual. Sim, eu compro mesmo sem conhecer o famoso… imaginem, é como se o livro daquele Tony que “canta” fosse internacionalizado… mas em bom!

 

3.png

 

 

4.png

 

Sim, este livro é muito bom, do início ao fim. Não só porque nos mostra aquilo que foi o apartheid (algo que eu não fazia ideia do que era exactamente), mas a forma como isso afectou a vida do jovem Trevor na África do Sul. Certas passagens são hilariantes mesmo relatando uma miséria humana e onde o racismo tinha implicações enormes, daí ele próprio dizer que é um crime.

 

5.png

 

Muito deste livro é também uma homenagem à dona sua mãe. Eu acho que a comédia já era bem presente em toda a sua família, temos relatos que são de levar às lágrimas de tanto rir e aqui além de muito cómica a mãe de Trevor Noah é também um poço de sabedoria e ensinamentos, daquilo que devemos e não devemos fazer, tanto para o pequeno Trevor como para todos nós.

 

6.png

 

Foram 4 estrelas bem recheadas no Goodreads, uma bela surpresa de livro e ainda a @omeureinodanoite aconselhou-me a ouvir o audiobook, algo que tenciono fazer em 2020. E vocês já leram este livro? Conhecem Trevor Noah? Já tinham lido algo sobre o apartheid? Obrigado pelo apoio, comentem e boas leituras!

 

7.png

 

 

8.png