Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Carola Ponto e Vírgula

Carola Ponto e Vírgula

saldos-billboard

ODiárioSecretoDeHendrikGroen1.png

 

 

Olá pessoal como estão? Ainda não estão fartos de mim como se eu fosse um velho muito chato e casmurro (que ligação tão bonita ao livro de hoje… de génio…)?! Pois bem, sendo assim aqui vem mais um review. Este livro esteve na minha lista de desejos, deixou de estar (pois, às vezes é preciso tirar uns para meter outros ou então a lista vai aos 300…) e entrou de imediato no carrinho de compras quando a Editorial Presença fez uma promoção espectacular no seu site.

Temos então “O Diário Secreto de Hendrik Groen aos 83 Anos e ¼”, autoria do próprio, sendo que o próprio é um pseudónimo. De quem? Não faço ideia… Digam-me pseudónimos de autores conhecidos e como são diferentes do “original”. Por falar em original, o título original é “Pogingen iets van het leven te maken”, sendo que como já ficou evidente em cima, a edição em Portugal ficou a cargo da Editorial Presença.

 

ODiárioSecretoDeHendrikGroen2.png

 

 

 

 

 

 

 

AlguémQueMeCale1.png

 

 

Olá pessoal, espero que estejam a aguentar esta enxurrada de reviews. Está quase em dia, só falta mais um pouco para estar actualizado. O livro de hoje é uma leitura bastante recente, já do mês de Dezembro e quis lê-lo porque sigo (não dessa maneira Stalker como vocês imaginam) a autora desde que a vi no @malucobelezapodcast e achei-a tão “boa onda”, animada, bem-disposta e com um grande sentido de humor que quando ouvi o primeiro episódio do seu podcast PSYCHOTERAPIA senti que estava ali uma pessoa totalmente diferente da persona da rádio, do Maluco Beleza e fiquei viciado no seu podcast e por seguir e conhecer a forma como vê o mundo, até porque temos aqui uma pessoa bastante inteligente e informada (claro que não estou a falar de mim…).

Foi por essa razão que assim que foi editado, pela Arena (Chancela Penguin Random House), tive que comprar este “Alguém que me Cale” da Joana Gama. Tinha a expectativa, e falei disso no post de “Nova Leitura”, de que este livro seguisse o mesmo registo do PSYCHOTERAPIA e assim foi. Dividido em O Princípio, O Meio e O Fim, este livro aborda o mais vasto leque de temas desde Sexo, Pilas e Strip Masculino até Velhice, Suicídio Socialmente Aceitável e Viver (sim, fui ver o índice… já disse, o inteligente aqui não sou eu…).

 

AlguémQueMeCale2.png

 

 

 

 

 

 

 

IMG_20190323_154039.jpg

 

Olá pessoal, quem daí ainda está a recuperar da época festiva do final de 2019? Embora já tenham passado mais de 10 dias, sinto que ainda tenho restos do Natal e da passagem de Ano. Este livro é um desses restos, já que foi o último livro do ano de 2019, de Umberto Eco temos “O Nome da Rosa” (título original: Il nome della rosa) editado em Portugal pela Gradiva.

 

1.png

 

 

 

20181229_114519.jpg

 

 

Olá pessoal, hoje vou ser muito honesto com vocês, esta opinião será tão coerente como o título do livro em questão e, acima de tudo, imparcial! Por isso cá vai: o livro de que vos falo hoje é “Incoerências” de Rita Mendes, uma perfeita desconhecida para mim, só sei que é mãe de um dos meus melhores amigos (eu nem fui à apresentação do livro nem nada…)! O livro é-nos trazido pela Editora Ómega e encaixa perfeitamente no tema do The Bibliophile Club deste último mês de 2019: Poesia.

Eu acho que não lia poesia desde o tempo da escola, o que parecendo que foi ontem, já foi há mais de uma década. Também por isso achei que assim juntava o útil ao agradável e além de voltar aos poemas, podia falar e promover (e o que este blogue promove…) o trabalho de uma pessoa que eu conheço! Por isso esperem, acima de qualquer dúvida… o título do livro!

 

1.png

 

 

 

 

 

IMG_20190606_114933.jpg

 

 

Olá pessoal, Bom 2020 a todos, que tudo aquilo que ambicionam este ano se concretize. Qual é o livro que têm na vossa estante há imenso tempo mas que vai ser no próximo ano que o vão ler? Qual é o livro que está no topo da vossa lista de compras em 2020?

O livro de hoje é um daqueles que teve meses na minha lista de compras, mas que depois de o comprar na última Feira do Livro de Lisboa, também teve ainda mais uns meses para ser lido, e foi só agora em Dezembro (e como diz o Guterres: é só fazer as contas): A Minha Vida de Gandhi, editação portuguesa pela Editorial Bizâncio.

 

1.png

 

 

 

 

IMG_20191211_211648_094.jpg

 

 

 

Olá pessoal, o Natal já lá vai, a passagem de ano está aí ao virar da… próxima página! (gostaram desta associação?! É mau, eu sei…). Com o ano a acabar e com o espírito natalício que livro mais adequado para se dar opinião?! Nada mais, nada menos que “(In)Fidelidade” de Esther Perel (título original: The State of Affairs), editado em Portugal pela Bertrand Editora.

 

1.png

 

 

 

IMG_20190930_130854.jpg

 

 

Olá pessoal, hoje é dia de falar de mais um livrinho! Livrinho, não, calhamaço. Calhamaço, mas não tanto como dizem os sites de venda de livros, tendo na realidade “só” 526 páginas em vez das 624 apontadas por esses sites! Já vos aconteceu isto com algum livro? Qual?

Falemos então da minha estreia nos livros de Karin Slaughter com “Sabes Quem é?” (título original: Pieces of Her), edição portuguesa da HarperCollins Ibérica. Esta foi a minha primeira leitura do mês de Dezembro e com o ano a acabar digam lá, conseguiram cumprir a vossa meta literária prevista no início do ano? Eu superei a minha meta (tinha previsto 45 livros) e até agora já li 52!

 

1.png