Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Carola Ponto e Vírgula

Carola Ponto e Vírgula

WOOK - www.wook.pt

AsÚltimasTestemunhas.jpg

 

 

Olá pessoal, espero que se encontrem todos bem. Vamos lá falar de mais uma leitura para o #challengedomes da @chuvadeletras_ e da @fantasy.world97. Nesta segunda semana tínhamos que escolher entre Terror ou Memórias e Testemunhos, eu escolhi a segunda opção. Primeiro porque ainda fugo um bocado de livros de terror, embora já tenha lido um ou dois. Aliás acho que devia ser um género que devia apostar mais um pouco. Sugestões? Qual o vosso escritor de Terror favorito? Segundo, já tinha este livro aqui há demasiado tempo por ler e assim tinha uma razão para voltar a ler esta autora, Prémio Nobel da Literatura, depois de já há demasiado tempo ter lido “As Vozes de Chernobyl”.

Sendo assim, vamos falar de “As Últimas Testemunhas” (título original: Poslednie svideteli) da genial Svetlana Alexievich, editado em Portugal pela Elsinore. Este livro traz-nos os relatos de cem crianças bielorrussas, órfãs que foram afectadas pela invasão alemã à antiga União Soviética, morrendo cerca de 3 milhões de crianças, vivendo 27 mil em orfanatos na Bielorrússia.

 

AsÚltimasTestemunhas1.png

 

 

 

 

 

 

IMG_20200102_130645.jpg

 

 

 

Olá pessoal, como vão essas leituras? Já tiveram alguma desilusão literária este ano? Eu por agora ainda não tive nenhum livro que não gostasse, é provável que vá acontecer mais tarde ou mais cedo, quanto mais não seja por expectativas demasiado elevadas. Então o livro de hoje é só um dos mais conhecidos de todos os tempos e o mais conhecido envolvendo a época da Segunda Guerra Mundial. Mas quem é que nunca o tinha lido?! Eu, pois está claro! Acreditem, há muitas coisas que só eu… 90% delas, não são boas!

Vamos então falar do livro que eu escolhi para participar no projecto da @dorasantosmarques, o #hol75: “O Diário de Anne Frank”, editado em Portugal pela Livros do Brasil! Sim, é verdade, já li umas coisinhas sobre a Segunda Guerra Mundial, campos de concentração, mas nunca tinha lido o diário mais famoso do mundo. Agora é aquela parte em que fazemos um minuto de silêncio em memória do tempo perdido pelos meus pais a fazer um gajo tão estúpido como eu… não quero cá aqueles aplausos como no futebol, como se eles tivessem feito um bom trabalho! Silêncio por favor.

 

1.png

 

 

 

 

ocaminhoimperfeito.jpg

 

 

 

Olá pessoal, vamos a mais uma opinião que já se faz tarde (apesar de ainda ser de manhã), antes de mais umas perguntinhas: Quem já leu este livro? E outro deste autor? Qual é o livro de José Luís Peixoto que mais recomendam? Qual é o vosso escritor(a) português favorito(a)?

 

1.png