Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Carola Ponto e Vírgula

Carola Ponto e Vírgula

game of thrones.jpg

 

 

Eu já previa isto, mas realmente aconteceu tal e qual como imaginei, sendo assim aqui vai. Eu detestei o fim de Game of Thrones!

Porquê?! Isso é pergunta que se faça?! Não era previsível que assim fosse?! Mais previsível era difícil… lamento, detestei o final! Até pelo que “final” quer dizer! É o fim, já não há mais!

Acabou-se a Daenerys, o Jon Snow, a Arya, o Tyrion… até aquela desgraçada de quem eu não gosto nada, aquela sonsa da Sansa acabou…

Logo agora que eu já tinha feito planos para os próximos dez anos, já tinha imaginado umas trinta fugas do Theon, já tinha previsto mais duas ou três guerras, meia dúzia de traições, uns quantos churrascos à moda dos Dragões e agora fico assim, ao abandono, sem nada?! Para quê tanta pressa em acabar com a série?!

Nunca mais teremos um Inverno que (se) venha como deve ser, daqueles de ressuscitar até os mortos mais defuntos deles todos! — Nota mental: mesmo que algum dia seja possível, nunca chamar a um filho meu “Winter”, é que depois o “Winter is coming” ganhava um outro significado bem mais estranho que o da série! Mais valia ser empurrado pelo Jaime Lannister do alto de uma torre…

 

winter-is-coming.jpg

 

 

 

Rui Pinto.jpg

 

É verdade meus amigos! Sintam orgulho! O Bola de Ouro da Bisbilhotice Online Desportiva é português! E voltou ontem ao seu país que o viu nascer para ser… preso e interrogado?!

Rui Pinto de seu nome, o jovem prodígio informático foi ontem notícia e tema de debate em todos os canais informativos. Teve honras de acompanhamentos em directo. A cada passo que dava, lá vinha a CMtv com “Notícia de última hora”: Rui Pinto já respira em território nacional; Rui Pinto já fez o seu primeiro xixi desde que foi extraditado; momento histórico, Rui Pinto acabou de franzir um sobrolho, espectacular. Isto tudo enquanto interrompem constantemente os convidados em estúdio que vão discutindo assuntos ligeiros, como se as informações obtidas de forma ilegal, podem ser usadas para apanhar aqueles a quem Rui Pinto ousou bisbilhotar os negócios mais obscuros. São decisões que uma redacção tem que tomar… uma coisa é certa: isto se fosse com o Santana Lopes a coisa não ficava assim!

 

 

 

Acho que, cada vez mais, temos de ter uma mentalidade aberta para este tipo de jornalismo e informação. Temos o melhor do mundo a chafurdar os negócios e esquemas, nada ilícitos, no mundo do Futebol e como é que o tratamos?! Como um criminoso! Não me parece a forma mais correcta de tratar ninguém, quanto mais os nossos, aqueles que elevam a nossa bandeira lá bem no alto!

Eu sei que não é fácil ter que explicar como é que um jovem destes chega e descobre coisas que os outros que são pagos para investigar não conseguem. Se não conseguem, se calhar o melhor seria contratarem o Rui Pinto para um Workshop. Se o Workshop for muito caro tenho dois livros para vocês aprenderem como é que se investiga como deve ser: “Fifa Máfia” de Thomas Kistner e “A Orgia do Poder” de Pippo Russo. São livros que dão para perceber a pureza do desporto-rei: a corrupção!

Com isto, só quero dizer que o Rui Pinto deve ser julgado e condenado pelos crimes que possa ter cometido, mas que também deviam ser investigados, julgados e condenados todos aqueles que as informações recolhidas pelo Rui Pinto mostrem que também cometeram crimes!

É que sempre ouvi dizer: “ladrão que rouba ladrão tem cem anos de perdão” (eu só ainda não percebi qual é o ladrão que a justiça acha ser o Rui Pinto)!