Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Carola Ponto e Vírgula

Carola Ponto e Vírgula

autores-billboard

IMG_20190930_130752.jpg

 

 

Olá pessoal, como estão essas leituras? Quantos livros leram até agora? O livro de que vos vou falar hoje foi o escolhido para o tema de Janeiro pelo The Bibliophile Club: Livros adaptados a Cinema ou Televisão. Escolhi então o segundo livro da Saga Millennium de Stieg Larsson: A Rapariga Que Sonhava Com Uma Lata De Gasolina E Um Fósforo, edição da D. Quixote.

O ano passado comecei esta saga e demorou demasiado até voltar a ela, eu adorei o primeiro livro, foi até um dos melhores do ano. Também devia ter visto logo o primeiro filme assim que acabei a primeira leitura, mas assim tenho uma bela desculpa para ver os dois filmes de seguida 😁.

 

1.png

 

 

Depois do desfecho do primeiro livro as vidas de Lisbeth Salander e Mikael Blomkvist seguem caminhos distintos, mas passados uns tempos voltam a cruzar-se, isto porque a revista Millennium tem em mãos documentos sobre tráfico de mulheres para exploração sexual com o envolvimento de personalidades importantes da Suécia.

Esses documentos chegam à revista pelas mãos do jornalista Dag Svensson e da sua namorada Mia Johansson, sendo que tudo dá para o torto quando ambos são assassinados e os indícios apontam para uma pessoa: Lisbeth Salander. Como seria de esperar se o assassinato não fosse já um choque suficiente, Mikael ainda vê a sua Hacker favorita reaparecer na sua vida e logo como a suspeita principal da morte de duas pessoas chegadas a si e com um trabalho escandaloso pronto a ser publicado.

Sem perceber nada, mas convicto da inocência de Lisbeth, Mikael vai em paralelo à investigação policial tentando pelos seus meios perceber o que se passou, tentando juntar todas as peças do puzzle e de preferência que todas essas peças acabem por ilibar Lisbeth daqueles crimes horrendos.

 

2.png

 

Lisbeth, por sua vez, vai-se tornando numa das minhas personagens favoritas: enigmática, carismática, um “bocado” doida (bocado aqui é um diminutivo, claramente) e sempre pronta a dificultar a sua vida em vez de a facilitar. Aqui ficamos a conhecer mais um pouco do seu passado e se quem já leu o primeiro livro achava que tudo aquilo que sabíamos era mau, preparem-se, neste livro acrescentamos mais uns bons níveis de maldade na vida desta personagem.

Gostei muito deste livro, foram 4 estrelas bem recheadas no Goodreads, mas quis aqui criar uma diferença entre este e o primeiro livro que achei melhor. Não vou deixar passar muito tempo até voltar a esta saga, pois a qualidade parece-me garantida. Quantos aos filmes, irei ver como é que será a adaptação e houve muitas alturas em que estava a ler e a tentar imaginar como é que iriam conseguir adaptar tudo aquilo que eu ia lendo.

Quem já leu esta Saga? A mudança de autor, traz diferenças acentuadas? De todos os livros qual é o vosso favorito? Matem-me a curiosidade, comentem e como sempre, muito obrigado e boas leituras!

 

3.png

 

 

 

 

 

2 comentários

Comentar post